Passo a Passo Para Aumentar o Ticket Médio

Aumentar o ticket médio da sua loja ou da sua rede pode ser o primeiro passo para garantir o aumento do faturamento. Afinal, esse é um dos indicadores mais importantes para que uma marca seja bem-sucedida e alcance os resultados desejados.

Basicamente, o ticket médio refere-se ao valor médio gasto por cliente em um determinado período. Ou seja: O quanto seu cliente gasta na sua loja, a cada vez que ele a visita. Trata-se de um indicador que representa o comportamento do cliente com relação à sua marca e à satisfação com as ofertas e produtos.

A partir desse valor, o varejista pode conhecer melhor o padrão de consumo de seus clientes e definir as melhores estratégias para elevar seu faturamento e ter melhores resultados.

Mas, aumentar o ticket médio envolve mais do que apenas aumentar o número de vendas ou de consumidores dos seus produtos ou serviços. É necessário influenciar quem já é seu cliente a comprar mais de você.

Aumentar a base de clientes ou fidelizar os clientes já ativos?

Muitas empresas, quando querem aumentar suas vendas e, consequentemente, seu ticket médio, logo pensam que precisam atrair novos clientes. Porém, essa não deve ser a primeira iniciativa da estratégia.

É claro que alcançar mais consumidores é sempre muito importante, mas priorizar a exploração de todo o potencial da base de clientes fidelizados que já existe e estimular o engajamento e o consumo frequente dos seus produtos traz resultados mais rápidos e exige menos recursos e investimentos. 

Dessa forma, além de ter a garantia de um bom ticket médio e um alto engajamento, você poderá moldar o seu negócio de acordo com os perfis dos seus clientes fidelizados e melhorar cada vez mais as suas experiências de compra.

Assim, podemos dizer que existem três passos essenciais para aumentar o ticket médio de uma empresa:

  1. Segmentar a base de clientes;
  2. Investir no relacionamento e na experiência do cliente;
  3. Analisar e mensurar os resultados para identificar novas oportunidades.

Confira os detalhes a seguir!

1. Segmente sua base de clientes

O primeiro passo para aumentar o ticket médio é segmentar sua base de clientes. Dessa forma, você vai identificar a necessidade e os potenciais interesses de cada cliente e direcionar suas ofertas.

Via de regra, ações direcionadas e personalizadas convertem muito mais do que as estratégias amplas, pois isso viabiliza as recomendações de produtos que são de fato relevantes para aquele cliente. E, além disso, o custo de ofertas personalizadas é muito menor para o negócio, afinal, aquela ativação está sendo direcionada para quem de fato tem interesse, e não para toda a base. 

Então, quando for realizar qualquer tipo de contato com um lead ou um cliente, tenha em mente que você deve capturar a maior quantidade de informações relevantes possíveis. Esses dados vão ajudar a conhecer melhor o comportamento de consumo da sua base e segmentar o seu atendimento e serviços de acordo com o perfil e as necessidades do seu público.

Sem dúvida, entender o que entregar e para quem entregar faz toda a diferença no resultado das suas campanhas e no aumento do seu ticket médio.

Por exemplo, pode ser que uma parcela dos clientes de uma determinada marca esteja mais interessada em receber um desconto em uma categoria de produtos, enquanto outros preferem optar por uma marca mais exclusiva por conta dos benefícios que ela oferece. E, quando seu cliente recebe uma oferta baseada exatamente no que ele procura, a chance dele efetuar a compra é muito maior. 

Então, embora os consumidores possam estar interessados no mesmo tipo de produto, a atração e o encantamento precisam ser feitos de formas diferentes. 

Somente depois que segmentar sua base de clientes, será possível definir qual a melhor alavanca promocional a ser utilizada para estimular o consumo de cada um deles, como entrega de conteúdo relevante, ofertas, recompensas, etc. Além disso, vai ser mais simples conseguir identificar onde está o maior potencial de conversão e retenção e investir em uma estratégia mais assertiva, sem desperdícios. 

2. Invista no relacionamento e na experiência do seu cliente

Depois de descobrir o que o cliente precisa e qual a melhor forma de lhe oferecer isso, é preciso reter esse engajamento. Isso é fundamental para manter e continuar aumentando o ticket médio. 

Uma pesquisa realizada pela Zendesk, publicada na revista Pequenas Empresa Grandes Negócios, mostrou que 8 a cada 10 clientes pagariam um preço mais alto para receber um atendimento melhor. Além disso, apenas 7% dos entrevistados afirmaram estar dispostos a aceitar um atendimento ruim.

A pesquisa também mostrou que 72% dos consumidores preferem procurar uma empresa de pequeno porte porque é mais fácil de estabelecer relações, e 68% dos entrevistados consideram que o serviço nesses casos é mais pessoal.

Mas o que isso significa para as empresas que querem aumentar seu ticket médio? Em resumo, oferecer um atendimento de qualidade e criar um relacionamento é a melhor forma de fidelizar e engajar os consumidores, o que ajuda a aumentar o ticket médio da empresa.

Por isso, além de prezar por produtos e atendimento de qualidade, é essencial ter uma área que se dedique especificamente à experiência de compra do cliente no pós-venda e o ajude a fazer bom uso do produto ou do serviço adquirido. Se o seu consumidor tiver uma boa experiência e se sentir apoiado, vai ser cada vez mais fácil vender mais para ele.

Além disso, ter clientes felizes e engajados também vai ajudar a empresa a expandir sua base de clientes, pois consumidores satisfeitos se tornam promotores da marca. 

Entendeu como é preciso explorar os clientes da base antes de investir na aquisição de novos clientes? Porque uma coisa leva à outra.

3. Analise e mensure os resultados para identificar novas oportunidades

Por último e não menos importante, para aumentar o ticket médio é necessário analisar os resultados. Somente assim será possível ajustar as estratégias e identificar as novas oportunidades de aumento de faturamento.

Esse é o momento de mensurar o comportamento de cada tipo de cliente e desenvolver estratégias de preço, descontos, comunicação, oferta de produtos, atendimento, entre outras, de acordo com cada perfil. 

Quando uma marca sabe o que cada perfil de cliente exige e o quanto ele gasta ou pode gastar com seus produtos ou serviços, fica mais fácil identificar as categorias de consumidores que podem consumir mais e direcionar suas campanhas de marketing e vendas de forma a atingi-lo de maneira mais assertiva.

Vale a pena lembrar que o valor do ticket médio ideal pode variar de acordo com o mercado no qual a empresa está inserida. O mais importante é levar em conta o potencial e indicadores de mercado compatíveis com a sua realidade.

Além disso, somente o ticket médio não é suficiente para determinar a rentabilidade de uma empresa ou a satisfação dos clientes. Por isso, é importante analisar esse indicador junto com outras métricas.

A verdade é que segmentar a base de contatos, investir no relacionamento e na experiência do cliente e analisar os resultados são passos que uma empresa precisa seguir constantemente para que o seu ticket médio permaneça alto e de acordo com as metas do negócio.

Além de garantir bons resultados em curto, médio e longo prazo, isso vai permitir que a marca distribua seus recursos de maneira mais eficiente, na direção certa para o crescimento do faturamento.

Já pensou em usar uma plataforma de CRM para aumentar o ticket médio da sua rede? Então, venha conhecer o Zoombox da GS, a maior especialista em inteligência para o aumento de faturamento do varejo e da indústria!